terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Gateau au yaourt

Bonjour!!
Hoje venho deixar uma receita muito boa da culinária francesa.
No livro "Crianças francesas não fazem manha", a autora Pamela Druckerman compartilha a receita que toda criança aprende a fazer com os pais. Tive alunos franceses que confirmaram a tradição, e dizem que é a primeira que aprendem a fazer.  Então vamos lá!


Gateau au yaourt - Bolo de iogurte
1 pote de 170g de iogurte natural 
1 ovo
Um pouco menos da metade de 1 pote de óleo vegetal
1/2 colher de chá de baunilha
1 pote de açúcar (usei o mascavo)
2 potes de farinha de trigo
1 colher (rasa) de sopa de fermento químico
opcionais: chocolate picado, raspa de limão ou frutas vermelhas

Preparo:
Misture os úmidos em um recipiente e os secos em outro. Peneire os secos por cima e mexa. Coloque em uma forma pequena com papel manteiga . Asse 190ºC por mais ou menos 25 minutos. 

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

BOLO REIKI


Não sei se voltarei a postar regularmente aqui, mas precisava compartilhar a receita do Bolo Reiki, que é maravilhoso!
Façam para o Natal. ;)
E por falar nisso, Boas Festas a todos! Aproveitem muito a família. E lembrem-se que é o aniversário de Jesus!


BOLO REIKI 

4 maçãs raladas com casca
1 xícara (chá) de cranberries desidratadas
1 xícara (chá) de nozes picadas
2 xícaras (chá) de açúcar mascavo
2 ovos
½ xícara (chá) de óleo
1 colher (de chá) de bicarbonato
1 colher (de chá)  de fermento em pó
2 colheres (de chá) de baunilha
2 colheres (de chá) de canela em pó
1 pitada de sal
2 xícaras de farinha de trigo
Modo de Preparo
Misture todos os ingredientes, menos a farinha, sem bater. Por fim juntar a farinha e misturar, distribuir a massa em forma untada (de furo central) e assar em forno médio. 
Polvilhei com açúcar de confeiteiro, ficou uma delícia!
Bolo Reiki feito por mim

terça-feira, 4 de março de 2014

New York, New York... Day 1

Primeiro e principal destino, cheguei a Nova York no horário de almoço e fui direto pro hostel. Fiquei hospedada no New York Budget Inn. Super recomendo! Ambiente descontraído, banheiros limpíssimos, staff muito simpática e atenciosa. Pizza e refri grátis toda sexta e domingo, karaokê, passeios em grupo, e café da manhã com dunkin’ donuts.

O dia estava ensolarado e não muito frio, então aproveitei a tarde para ir ao Central Park. Fui até o zoo porque queria ver o urso panda, mas a propaganda era enganosa. Ou eles morreram, ou transferiram os ursos pro Bronx e se esqueceram de avisar o departamento de marketing rs. Mesmo assim, foi muito legal. Vi o snow leopard, uma coruja enorme, flamingos, lêmures, pinguins, e o show dos leões marinhos. 







Voltando pela Quinta Avenida, parei na Apple Store para fazer minha primeira compra, e na saída um rapaz se ofereceu para tirar uma foto minha. Tirei uma dele também, e ele seguiu andando ao meu lado. Queria uma companhia para ir à Estátua da Liberdade no dia seguinte, pois estava viajando sozinho como eu, e a desculpa era ter alguém pra tirar fotos dele. Fiquei meio desconfiada, e dei um jeito de me livrar logo dele. 




Minha primeira tarde não rendeu muito, pois depois de tantas horas de viagem, o que eu mais queria era um banho e um café bem quentes.  
Fiquei num quarto com mais três meninas. O lado bom de viajar sozinha e se hospedar em hostel são as pessoas que você conhece a cada dia. Na primeira noite conheci uma brasileira de São Paulo, uma australiana, e uma italiana. 
Depois do café e do banho eu e a brasileira fomos ao Grand Central Terminal, tiramos umas fotos e voltamos pro hostel.






segunda-feira, 3 de março de 2014

O começo.

Comecei a planejar a viagem pros EUA um ano antes, em janeiro de 2013. Tudo nessa vida necessita de planejamento, principalmente quando se trabalha pra pagar aluguel, despesas do mês, e um ou outro programa cultural.
Primeiro comprei as passagens aéreas de ida e volta em abril, depois marquei a entrevista em SP, consegui o visto em julho, e reservei hotéis e passeios ao longo do ano. (Loucura, eu sei, mas as passagens estavam MUITO baratas)
Aí no início de 2014 começam as piores nevascas e mais baixas temperaturas dos últimos tempos no nordeste dos EUA. Faltando uma semana para a viagem, o Jornal Nacional anuncia que a temperatura chegara a -50°C. Meu pai tentou me convencer a mudar meus planos, mas resolvi esperar até 48 horas antes do dia do embarque pra tomar uma atitude.
E então o dia 14/01 chegou, e dois dias antes (graças ao bom Deus) o tempo começou a melhorar. Nada de cancelamentos \o/

Primeiro trecho Curitiba – São Paulo.
Todo mundo dentro do avião, a decolagem estava programada para 18:15, e o piloto nos avisa que o aeroporto de Guarulhos estava fechado devido às fortes chuvas, e por isso teríamos que aguardar um tempo.
Uma hora e meia depois, liberaram a viagem, e então ficamos no ar passeando pela costa paulista, pois havia “congestionamento aéreo”.
Chegamos ao aeroporto de Guarulhos já passava das 21:30, e o embarque internacional iniciava às 22:15. Que correria e sufoco!
Uma fila gigantesca para embarcar, mas como TODOS os vôos estavam atrasados devido ao fechamento do aeroporto, o nosso atrasou também.
Chegando a Detroit, passei pela imigração e o moço me encheu de perguntas, ficou super desconfiado. Perguntou por que eu estava viajando sozinha, se não tinha amigos, etc. e me mandou seguir a “linha azul”. Fui até lá e dois oficiais abriram minha mala, reviraram tudo, me encheram de perguntas, mas enfim me deixaram seguir em frente (ufa!).
Dali em diante foi só alegria, peguei o avião pra Nova York e foi aí que a diversão começou.




Chegando a New York

domingo, 2 de março de 2014

São as águas de março fechando o verão... É a promessa de vida no teu coração...

Feliz Ano Noovooo!! :D

Ok, Ok, já estamos em março, mas não pude mais atualizar o blog porque andei muito ocupada...

No final de dezembro mudei de apartamento, visitei minha família em Guarapuava, e em janeiro fui para os Estados Unidos. Passei duas semanas lá visitando Nova York, Boston, Salem e Washington D.C.

Em fevereiro, tive treinamento em Floripa, adotei uma cachorrinha (Bailey), e as aulas começaram.

Agora estou novamente em Guarapuava para comemorar o niver da minha mami e passar o carnaval em paz e tranquilidade, longe da folia.

Vou compartilhar algumas coisas da viagem logo logo...


Beijos e que março seja lindo!




segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Inferno e paraíso

Para quem acredita no estudo dos astros, o mês que antecede seu aniversário é conhecido como inferno astral. Nessa época você fica doente, sofre perdas, passa por situações difíceis. 
É claro que passamos por isso o ano todo, em vários momentos. Mas se eu acreditasse, diria que estou passando por um inferno astral. 
Fiquei doente mês passado, sofri algumas perdas (ninguém morreu, mas perdi algumas pessoas do meu contato diário), estou lidando com várias mudanças...
Mas ainda bem que do outro lado existe o paraíso, e esse vai chegar logo logo... 
Amém!




sábado, 7 de dezembro de 2013

Bolinho francês (Financier)

Abandonei o blog, and I'm so sorry. Andava sem tempo, desanimada e sem novidades.

Voltei para publicar uma receita que testei dias atrás... Um bolo francês chamado financier. De acordo com o Wikipedia, o nome vem da forma tradicional retangular, que lembra uma barra de ouro. Outra teoria diz que o bolo se tornou popular no distrito financeiro de Paris. 
Hoje em dia é comum encontrá-lo em diferentes formatos, como o que eu fiz... 


Ingredientes
1 xícara (chá) de farinha de amêndoas
1 xícara (chá) de açúcar - eu usei açúcar mascavo
1/3 xícara (chá) de farinha de trigo 
½ xícara (chá) + 2 colheres (sopa) de manteiga derretida 
4 claras

Modo de preparo
1 - Numa tigela coloque 1 xícara (chá) de farinha de amêndoas, 1 xícara (chá) de açúcar e 1/3 de farinha de trigo e misture. Adicione ½ xícara (chá) + 2 colheres (sopa) de manteiga derretida e misture. Junte 4 claras e misture rapidamente até formar uma mistura homogênea. Leve para a geladeira por 40 minutos.
DICA: A massa, sem assar, pode ser guardada na geladeira por até 1 semana em recipiente coberto ou saco plástico.
2 - Em forminhas individuais de empadinhas (3 cm de diâmetro X 2 cm de altura), untadas com manteiga e polvilhadas com farinha de trigo coloque uma pequena porção de massa sem preencher a forminha até a borda (pois ela vai crescer).

3 - Leve para assar em forno médio pré-aquecido a 180 °C por +/- 25 minutos ou até dourar. Retire do forno e desenforme. Deixe esfriar. Sirva em seguida polvilhada com açúcar de confeiteiro.